Buscar
  • Duarte Azevedo

FPF tenta pressionar Governo Regional através da 'Agência Lusa'


Onde está a AFM...?


A agência noticiosa LUSA publicou nesta quarta-feira um comunicado informando que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) enviou ao Governo Regional da Madeira, nomeadamente ao Secretário Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, Dr. Jorge Carvalho, uma carta pressionando para uma 'definição urgente' sobre a possibilidade das equipas madeirenses retomarem as competições, nomeadamente Campeonato de Portugal e futsal (Taça e II Divisão Nacional).

A FPF, segundo relatado pela LUSA, exige “uma tomada de posição expressa e urgente do Governo Regional, uma vez que jogos e viagens estão marcados para este fim de semana”, curiosamente para um fim-de-semana em que não é possível circular no 'retângulo' português, havendo equipas continentais a questionar sobre a marcação de jogos para esse espaço.

Conquanto se possa questionar a legitimidade deste modo de pressão, utilizando os serviços de uma agência noticiosa estatal, por parte da FPF, o que parece mais surpreendente é o papel inexistente da Associação de Futebol da Madeira (AFM) em todo este processo. AFM que deveria ser o interlocutor da FPF junto do Governo Regional e/ou dos clubes.

Afinal, os dirigentes reeleitos da AFM ontem e que hoje se apressaram a tomar posse (vide foto), sempre expressaram como uma das suas 'bandeiras' o relacionamento excelente com a FPF mas, afinal, parece que isso, a ser verdade, de nada serve, sendo o organismo madeirense completamente ultrapassado. Pelo menos relação institucional há, ou tem de haver!

Espera-se, pois, uma posição pública dos velhos/novos dirigentes da AFM...

13 visualizações