top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Funchal com contas consolidadas em 6 milhões de euros



Aprovação de benefícios fiscais no âmbito dos incentivos municipais para jovens casais (IMT e IMI).



A Câmara Municipal do Funchal aprovou hoje a prestação de "contas consolidadas", que junta nas mesmas contas, não só a autarquia, mas também as duas empresas municipais, FrentemarFunchal e SociohabitaFunchal, refere uma nota do gabinete de comunicação.

Como explicou Pedro Calado, estes "resultados" referentes a 2022 foram "pela primeira vez, positivos. Conseguimos reequilibrar as contas do Município, FrentemarFunchal e SociohabitaFunchal"  tendo sido apresentado um «resultado francamente bom», ressalvou, apontado o "reajustamento" que teve de ser feito nestas duas empresas municipais.

"Hoje temos o Município do Funchal, de forma consolidada, a trabalhar bem, em termos de investimento, a apoiar socialmente as famílias e as pessoas carenciadas", sendo que os "resultados" e os apoios «à população» são melhores.

"Os resultados das contas consolidadas foram positivos em cerca de seis milhões de euros", afirmou, salientando que com estas verbas a autarquia tem apoiado mais as "famílias carenciadas" mais "o comércio", contratado mais funcionários para o Departamento de Ambiente e também adquirido mais recursos materiais, além de outros investimentos públicos.

"Outra deliberação" de hoje foi aprovação de benefícios fiscais no âmbito dos incentivos municipais para jovens casais (IMT e IMI), isto decorrente da aquisição de casa no Funchal.

Também hoje foram ratificados os apoios dados pela CMF ao comércio e serviços no Funchal. Como adiantou o presidente da autarquia já foram investidos "quase 600 mil euros», isto tanto no ano passado como este ano, procurando incentivar o comércio local no Funchal com os diversos programas de apoio existentes.

5 visualizações

Comments


bottom of page