Buscar
  • Henrique Correia

Funchal põe redução de rendas dos Mercados na mão da Assembleia Municipal


"Os comerciantes dos nossos Mercados estão a contactar os serviços municipais, no sentido de solicitar a redução das suas rendas em virtude da situação atual"


Miguel Gouveia, o presidente da Câmara Municipal do Funchal, coloca as "fichas" todas dos apoios na Assembleia Municipal desta tarde, que vai debater e decidir sobre o empréstimo de 5 milhões a contrair pela Autarquia para fazer face às medidas adotar em consequência da crise provocada pela Covid-19.

O Presidente da Câmara explicou hoje, na sessão da Assembleia Municipal, que a CMF vai renegociar com os comerciantes dos Mercados Municipais as rendas cobradas mensalmente pela concessão dos respetivos espaços, numa medida extraordinária de resposta à crise económica provocada pela pandemia de COVID-19, assim que esteja garantido o empréstimo de 5 milhões de euros que a CMF pediu e que leva hoje à aprovação nesta mesma Assembleia Municipal.

Miguel Silva Gouveia referiu que “já desde a semana passada, os comerciantes dos nossos Mercados estão a contactar os serviços municipais, no sentido de solicitar a redução das suas rendas em virtude da situação atual. Precisamos agora que a Assembleia Municipal aprove esta tarde o empréstimo e viabilize estes apoios aos comerciantes dos Mercados Municipais, perante as dificuldades provocadas pela atual crise sanitária.”

Diz Miguel Gouveia que " o Município do Funchal tem sabido sempre dizer presente e estar ao lado dos funchalenses, especialmente em alturas de maior necessidade, e no que depender de nós, perante o contexto económico vigente, procuraremos adotar as medidas extraordinárias possíveis, e contribuir decisivamente para a retoma gradual e segura da atividade económica no concelho, apoiando os nossos agentes económicos quando eles mais precisam"


6 visualizações