Buscar
  • Duarte Azevedo

Futebol feminino do Marítimo atinge sucesso notável



E muito desse êxito tem um nome que não pode ser esquecido: Hélder Freitas


Apesar de ter perdido no jogo do princípio desta tarde de domingo (1-2 frente ao Sporting), a equipa de futebol feminino do C.S. Marítimo conseguiu o feito de se apurar para a fase que vai decidir o título. São oito equipas, desde logo com a manutenção garantida. Nesta hora de merecidos festejos, a juntar às atletas, aos técnicos, aos dirigentes, à estrutura, há um nome que não pode ser olvidado: Hélder Freitas. Que foi quem, há alguns substituindo João Sousa na orientação da secção, logo delineou um plano assente na jogadora madeirense, base de um sucesso visível. Que já tinha tido destaque quando da subida à I Divisão e que, agora, ganha expressão máxima. Infelizmente 'empurrado' para fora do clube no arranque desta temporada, Hélder Freitas não pode ficar de fora desta 'História de Sucesso'. Claro que o maior quinhão cabe ao clube - não poderia ser de outro modo - mas há pessoas, dirigentes que deixam marca. Independentemente de alguns apenas admitirem chamarem a si o sucesso, não o distribuindo por quem, na realidade, é o seu mentor... E a marca deixada por Hélder Freitas não se fica por este êxito desportivo. Repare-se que esta equipa do Marítimo é aquela que mais atletas da Região tem no plantel entre todas as formações da Madeira no topo das suas competições; repare-se que esta equipa do Marítimo tem no plantel muita juventude, fruto de um trabalho vindo da 'base' - como o comentador do Canal 11 fez questão de referir... Muito disto se deve à persistência, ao trabalho, à (extrema) dedicação de Hélder Freitas. Para que conste... apesar de não figurar, obviamente, na 'foto da festa'...

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo