Buscar
  • Henrique Correia

Garcês saiu sem "sair": É bom estar aqui, naquele que é e sempre foi o meu Partido”.


Outrora independente em São Vicente, prossegue mas agora comprometido com o PSD-M: "Assumo o compromisso de implementar, obviamente, aquelas que são as políticas do PSD/M”.




Foram contingências da política numa conjuntura de transição no PSD. José António Garcês, o presidente de raiz social democrata, decidiu um dia sair e liderar a Câmara de São Vicente como independente. Mais coisa menos coisa, voltou ao partido de origem e hoje, durante o Conselho Regional, disse o que se sabia: “É bom estar aqui, naquele que é e sempre foi o meu Partido”.

Refere uma nota do partido que Garcês fez uma "breve mas muito sentida intervenção", lembrando que José António Garcês, em 2013 e 2017, concorreu e venceu a Presidência da Câmara Municipal de São Vicente como independente. Agora, fez notar a sua satisfação por candidatar-se, pela última vez, a esta autarquia, “pelo seu Partido”. Oportunidade que fez questão de agradecer, hoje, durante a sua intervenção no Conselho Regional do PSD/M, com palavras de apreço dirigidas ao Partido e ao seu Presidente, Miguel Albuquerque.

“É bom estar aqui, naquele que é e sempre foi o meu Partido”, disse José António Garcês, afirmando que assume o compromisso com satisfação e obviamente para continuar a cumprir aqueles que são os seus objetivos à frente do concelho de São Vicente, mas, acima de tudo, os objetivos do PSD/M.

“Assumo este compromisso por São Vicente e pelas pessoas de São Vicente e assumo o compromisso de implementar, obviamente, aquelas que são as políticas do PSD/M”, pode ler-se na nota publicada no site do partido.

7 visualizações