Buscar
  • Henrique Correia

Governo dá apoio a fundo perdido para as micro e pequenas empresas



Rui Barreto confirma que o Governo está a avaliar o alargamento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares.



O secretário regional da Economia anunciou, esta manhã, a abertura do programa MeP-RAM, um apoio financeiro, excecional e a fundo perdido, que se destina a auxiliar as micro e pequenas empresas que desenvolvam a sua atividade nos sectores do comércio, restauração, animação turística e marítimo-turísticas, agentes de viagens, rent-a-car, alojamento e salões de cabeleireiro.

Segundo uma nota da secretaria, "o novo apoio tem uma dotação global de 5,2 milhões de euros, assegurada pelo Orçamento da Região".

Rui Barreto falava à margem da visita ao restaurante ‘Casa Itália d’Ajuda’, localizado no concelho do Funchal, um dos quatro estabelecimentos da cadeia de restaurantes de cozinha italiana, cujo proprietário é o empresário Germano Soares.

O apoio a conceder às micro e pequenas empresas é equivalente ao valor de um IAS - indexante dos apoios sociais (438,81 euros) por cada trabalhador e abrange sócios gerentes remunerados.

A candidatura assume a natureza individual, apresentada por uma empresa, e deve ser submetida através de formulário eletrónico disponível na plataforma Simplifica no “Apoio Financeiro MeP-RAM COVID”. Com a submissão do formulário eletrónico o beneficiário deverá efetuar, pela mesma via, a entrega da documentação exigida. As candidaturas permanecerão abertas até 30 de junho de 2021.

O governante relembrou ainda que o Governo Regional está a avaliar as medidas em vigor, no sentido de alargar os horários de funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares.


6 visualizações