Buscar
  • Henrique Correia

Governo lançou a 2.ª fase do novo Hospital no valor de 75 milhões


Os teabalhos contemplação as estruturas, alvenarias e espaços exteriores e terá como preço base 75 milhões de euros + IVA, com um prazo de execução de dois anos.



O Governo Regional anunciou hoje o lançamento do concurso público para a empreitada ‘Hospital Central e Universitário da Madeira – 2.ª Fase - Estruturas e Espaços Exteriores’, na sequência da determinação e aprovação do Conselho de Governo, ocorridas a 25 de novembro.

A nota do Executivo recorda que tinha sido afirmado, em maio do corrente ano, aquando do arranque da 1.ª Fase, que este procedimento seria uma realidade até final de 2021.

A segunda fase, que o secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, já havia anunciado, esta semana, na discussão do ORAM 2022, que seria lançada ainda esta semana, contemplará os trabalhos de estruturas, alvenarias e espaços exteriores e terá como preço base 75 milhões de euros + IVA, com um prazo de execução de dois anos.


Como já havia referido o Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, nesta segunda fase o Governo Regional não pretende submeter à concorrência trabalhos com uma forte dependência de materiais que necessitam ser importados, considerando a instabilidade que se vive no mercado, com o aumento galopante dos preços das matérias-primas de construção. Sendo assim, os trabalhos previstos para esta segunda fase têm em consideração todos estes condicionalismos impostos, pelo impacto que a pandemia trouxe ao sector da construção civil. “Por termos esta consciência, pretendemos fasear a obra desta forma até ao mercado estabilizar”, explica.


As propostas deverão ser entregues até ao dia 23 de fevereiro de 2022, após o qual será dado início à análise das propostas entregues, conducente à contratualização da empreitada, que o Governo Regional prevê que ocorra no início do segundo semestre de 2022. O processo será então submetido à fiscalização prévia do Tribunal de Contas.


Desde maio último, a 1.ª Fase da obra, correspondente à ‘Escavação e Contenções Periféricas’ já está no terreno. É intenção do Governo Regional que a 2.ª Fase arranque em setembro de 2022, dando assim a continuidade desejada e sempre defendida da obra.

“O avanço de mais uma fase para a construção do HCUM vem demonstrar o compromisso e a resiliência deste Governo Regional para a concretização desta obra de inegável importância para todos os madeirenses”, salienta Pedro Fino.


3 visualizações