Buscar
  • Henrique Correia

Governo reconhece emergência alimentar em 2021; apoios de 396 mil


O Govermo quer garantir às pessoas e famílias, de baixos rendimentos, o acesso a refeições gratuitas


O Governo admite que o próximo ano não será fácil em matéria de emergência alimentar, em consequência da crise provocada pela Covid-19.

Por isso, o Executivo de Albuquerque decidiu autorizar a celebração, no âmbito do Programa de Emergência Alimentar na Região Autónoma da Madeira (PEA RAM), de doze Acordos de Cooperação, na modalidade de Apoio Eventual, entre o Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM e as entidades parceiras, atribuindo, para o efeito, um apoio financeiro no montante de 396.691,30 € (trezentos e noventa e seis mil, seiscentos e noventa e um euros e trinta cêntimos).

O PEA RAM tem vindo a ser executado pelo Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM, em todos os concelhos da Região e em parceria com doze Instituições Particulares de Solidariedade Social, através da prestação, por estas, de apoio direto ao nível da emergência alimentar.

O Governo Regional reconhece, deste modo, "a importância de manter, para o ano de 2021, a execução do referido programa na Região, permitindo garantir às pessoas e famílias, de baixos rendimentos, o acesso a refeições gratuitas ou, em alternativa, a comparticipação na aquisição de géneros alimentares, com utilização de vales ou cartões"


5 visualizações