top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

"Há titulares de cargos públicos a telefonar, a condicionar pessoas..."



O candidato à liderança do PSD Madeira diz que "estamos a assistir a bullying político na Madeira" e desafia Albuquerque para um debate, não para lavar roupa suja, mas para debater ideias e o partido.




"Estamos a assistir a bullying político na Madeira..Há titulares de cargos públicos a telefonar, a pressionar, a condicionar pessoas..."

Estas declarações foram prestadas ao Diário pelo candidato à liderança do PSD Madeira Manuel António Correia, uma candidata anti sistema e que, por isso, está a enfrentar um grau de dificuldade em função de pressões aos militantes referidas pelo opositor de Miguel Albuquerque.

Manuel António desafia Albuquerque para um debate, pede ao líder do PSD-M para colocar de lado o condicionamento e debata. Quem tem medo condiciona, quem não tem debate,

não para lavar roupa suja, mas para debater ideias e o partido". Esta ideia visa o esclarecimento sobre as candidaturas em disputa nas internas de 21 de março.

O candidato diz-se triste por estar a assistir a estas manobras dentro do seu partido e defende que a estabilidade e a credibilidade só serão garantidas com esta cúpula de dirigentes fora da liderança..."As pessoas só estão a sobreviver usando o poder do partido".

Manue.l António quer eleições antecipadas na Região, quer vencer o partido e ser legitimado pelo povo para presidente do Governo, não aceita nomeação sem eleição. E para eleições, também é de opinião que o PSD deve ir sozinho, coligado apenas com o povo madeirense e acredita que num novo enquadramento do partido o PSD pode subir a votação.

111 visualizações

Comentarios


bottom of page