Buscar
  • Henrique Correia

Homenagem à maior embaixadora de sempre da cultura popular madeirense


No dia em que faria 95 anos, foi descerrado um busto junto à Casa do Povo da Camacha





Maria Ascensão "foi a maior embaixadora de sempre da cultura popular madeirense". Foi assim que Miguel Albuquerque definiu a conhecida por "loura da Camacha", vivendo e respirando Folclore pelo mundo.

O presidente do Governo Regional falava durante a homenagem, que decorreu hoje, dia em que Maria Ascensão faria 95 anos, junto à Casa do Povo da Camacha, instituição que dirigiu durante muitos anos e de onde faz parte o Grupo de Folclore da Casa do Povo da Camacha, do qual foi a principal dinamizadora durante várias décadas.

Para assinalar o momento houve o descerramento do busto de homenagem a Maria Acensão, com Miguel Albuquerque a considerá-la "uma personalidade tão marcante na vida da Madeira, na vida de todos nós. Porque não foi só uma embaixadora notável da Madeira , sobretudo numa altura em que a Madeira não tinha Autonomia – a afirmação da Madeira era o sorriso esplendoroso da Maria Ascensão – como foi e continua a ser um exemplo daquilo que uma personalidade ligada à cultura popular deve ser".

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo