Buscar
  • Henrique Correia

Iglesias diz que já se sabe a quem o Governo quer entregar obra do Hospital


"Só se compreende o compasso de espera para que Pedro Calado saia do Governo e não seja ele a assinar a adjudicação. Em qualquer caso, em outubro já estará de volta à empresa"




O líder parlamentar do PS-M questionaou hoje o Governo Regional sobre o novo hospital central da Madeira, cujo investimento de 350 milhões de euros representa por comparação 60% do valor do PRR regional, que esteve em debate no Parlamento, com a presença do Executivo.

Miguel Iglesias diz que "vão atirar para as calendas o concurso público da 2a fase da obra, a mais importante e de maior valor, referente às infra-estruturas e edifícios", sublinhando que "depois de um concurso anulado em 2018 com claro conluio entre empresas e governo, depois de adjudicado por 18 milhões de euros à AFA as escavações e contenção periférica, ninguém sabe quanto custará, qual o tempo de execução e os termos do contrato para uma fase fundamental da obra"

Na sua página do Facebook, Iglesias não deixa passar o que considera "uma vergonha a todos os níveis": "Dado que também já se sabe a quem o GR quer entregar a obra de centenas de milhões de euros, só se compreende o compasso de espera para que Pedro Calado saia do Governo e não seja ele a assinar a adjudicação. Em qualquer caso, em outubro já estará de volta à empresa...Um atraso de 6 anos, numa empreitada que demorará ainda 4 anos a ser erguida".


185 visualizações