top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Incêndio em hospital dos Açores faz transferir 60 utentes para a Madeira



Três utentes já estão na Região, duas grávidas e um utente a necessitar de cuidados intensivos.



Uma nota do SESARAM deu conta que na sequência do incêndio que atingiu a 4 de maio o Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada, nos Açores, a Região vai receber 60 utentes, sendo que

o Hospital Dr. Nélio Mendonça já acolheu três utentes neste domingo, 5 de maio, pelas 17H30, duas grávidas e um utente a necessitar de cuidados intensivos, chegaram à Região num avião da Força Aérea e já estão a receber cuidados.

"A Região Autónoma da Madeira irá receber mais 57 utentes e dois profissionais de saúde, provenientes do HDES. Destes 57 utentes, 34 ficarão no RG3 e 23 (4 acamados e 18 com mobilidade reduzida) serão internados no HNM", revela a informação oficial.

O Serviço Regional de Saúde disponibiliza uma equipa multidisciplinar constituída por médicos, enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos e apoio logístico, para acompanhar os utentes que ficarão no RG3.

Os utentes, após a chegada ao Aeroporto do Funchal, serão transportados por duas ambulâncias de socorro, três ambulâncias de transporte de doentes do SESARAM, EPERAM e um autocarro.

- O Serviço Regional de Saúde disponibilizou aos utentes provenientes dos Açores e aos seus familiares, uma linha de apoio com o número – 967702566, que estará disponível durante a permanência destes utentes na RAM.

A Madeira está disponível e preparada para acolher e prestar cuidados aos utentes provenientes dos Açores. A colaboração entre as Regiões contempla sinergias desde há muitos anos e sempre em prol dos utentes de ambos os Serviços Regionais de Saúde.

12 visualizações

Commentaires


bottom of page