Buscar
  • Henrique Correia

Insígnia Autonómica de Valor para o médico que "fala claro" sobre a pandemia


O médico já anda há muitos anos nisto da Saúde. Mas a pandemia fez revelações sobre a forma de gestão, clínica e de comunicação, que se distingue relativamente aos restantes intervenientes.



Não é segredo para ninguém que o médico Maurício Melim, coordenador da Unidade de Emergência em Saúde Pública, delegado de Saúde do Finchal, tem sido uma peça determinante da comunicação sobre a Covid-19 na Madeira. Aquilo a que se chama fala claro, é técnico e não político, para colocar "panos quentes" nas mensagens já chegam os políticos.

O médico é una das personalidades distinguidas no Dia da Região, recebe a Insígnia Autonómica de Valor (cordão), o que no contexto da atitude, da prudência e da objetividade, ao serviço do que é real, constitui uma elementar justiça. Sem favores.

Efetivamente, o dr. Maurício Melim tem alertado para determinadas decisões dos políticos, em contraciclo com algumas, mas sempre fundamentando, não escondendo a existência de surtos, dizendo onde estão, apontando soluções de ponderação e falando claro relativamente a algumas tentações "cor de rosa", que não são bem o que dizem.

O médico já anda há muitos anos nisto da Saúde. Mas a pandemia fez revelações sobre a forma de gestão, clínica e de comunicação, que se distingue relativamente aos restantes intervenientes, sem com isso retirar os méritos, individuais e coletivos, da gestão regional da pandemia.

Para este 1 de julho de 2021, o Governo decidiu agraciar diversas personalidades e entidades, na sequência do regime jurídico das insígnias honoríficas madeirenses a atribuir pelo Governo Regional, por forma a "estimular o mérito e manter vivas as tradições que conferem prestígio e dignidade a pessoas, entidades e coletividades".

Neste contexto, são distinguidos pelo Governo Regional "aqueles que deram o seu contributo à Madeira e às suas

populações, recebendo as insígnias honoríficas madeirenses, designadamente:


Insígnia Autonómica de Valor

José Maurício da Silva Melim (cordão)


Insígnia Autonómica de Distinção

Mikhail Benilov (medalha)


Insígnia Autonómica de Bons Serviços

Ana Maria Alves Gouveia (cordão)

José Agostinho Mendonça Franco (medalha)

Carla Margarida Rocha Carvalho (medalha)

Ludivina Maria Teixeira Freitas (medalha)

Corpo de Polícia Florestal da Região Autónoma da Madeira (medalha)

Anaclet Teixeiras de Freitas (medalha)

Luís Guilherme Wilbraham Soares de Sousa

(medalha)

José Vasco Fernandes de Ornelas (medalha)

Centro Social e Paroquial de Santo António

(medalha)

Fernando Renato Andrade (medalha)


14 visualizações