top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Jardim diz que houve promoção pessoal de gente do PSD



"Estarmos com esta dúvida sobre a maioria absoluta da coligação, é muito pouco para um governo que teve forte comunicação social, é muito pouco para um governo que teve dinheiro".



"Francamente, estarmos a esta altura depois de fechar as urnas, estarmos com esta dúvida sobre a maioria absoluta da coligação, é muito pouco para um governo que teve forte comunicação social, é muito pouco para um governo que teve dinheiro, é muito pouco para um governo que até fez o que fez. Há aqui qualquer coisa em termos de acesso à opinião pública".

Foi assim que Alberto João Jardim reagiu, ja RTP-M, à projecção da televisão da Madeira, que deixa a possibilidade da coligação não ter maioria absoluta. Jardim diz que a coligação vai ter pelo menos 24 deputados mas lembra que é pouco tratando-de de uma coligação.

Para o antigo presidente do Governo e do PSD Madeira, Albuquerque "terá que rever muita coisa e deixar-se do politicamente correto. Diz que "quando a promoção pessoal é excessiva, não é o caso do Miguel, mas de gente do PSD Madeira, outras figuras, a população não gosta. E estaria a dizer isto se a coligação tivesse 50 deputados".

Para Jardim, uma eventual falta de maioria absoluta pode conduzir a coligação para a necessidade de um acordo com a Iniciativa Liberal. Não é do seu agrado, mas até acharia interessante.

20 visualizações

Comments


bottom of page