Buscar
  • Henrique Correia

Jardim diz que no PSD "há assalto ao poder" por "gente que não quer perder o tacho"



"É de Interesse Nacional cair o Governo Costa. Para Classe Média assumir o Poder com Justiça Social".




O presidente honorário do PSD Madeira e antigo presidente do partido na Região e do Governo Regional, diz que "no PSD há de facto “assalto ao poder”! Por gente que não quer perder o “tacho” de deputado e por uma “Direita dos interesses”, orçamentalista, anti-Regiões, “dejà vue” com Passos Coelho e de perfis pessoais inversos aos Valores e Cultura política do PSD".

Jardim reagia, no Facebook, às eleições no partido, para 4 de dezembro e à candidatura, anunciada ontem, em Conselho nacional social democrata, de Paulo Rangel, que quer ir a eleições já.

Jardim escreve que "Marcelo teme qualquer existência de problemas.

Daí dramatização do Orçamento para manter o colaboracionismo comunista-socialista. Fundos da UE não se “perdem”. É trêta! Há sempre prazos diferentes para usá-los com inteligência".

Acrescenta que "é de Interesse Nacional cair o Governo Costa . Para Classe Média assumir o Poder com Justiça Social autêntica e com a Produtividade da Administração Pública. Classe Média, agora, não pode abrandar lutas desencadeadas contra “classe política ”repleta de incompetência!"

Classe Média,ante as crises internas no PS e no PSD, tem de assumir o Poder ao Centro, pôr o País a trabalhar e a produzir, instaurar a AUTORIDADE DEMOCRÁTICA e saber resistir à forte crise internacional que aí está!"

35 visualizações