Buscar
  • Henrique Correia

Jardim recebe prémio e elogios na Assembleia: "Obreiro da Autonomia"


O prémio, no valor de cinco mil euros, será doado à Associação Dançando Com a Diferença.


Estiveram todos juntos na entrega do Prémio Emanuel Rodrigues a Alberto João Jardim, um Prémio que foi instituído pela Assembleia Regional visando distinguir personalidades de relevo na Região. Presidente da Assembleia e presidente do Governo lado a lado com o premiado, que como se sabe é o antigo presidente do Governo durante mais de 40 anos.

Emanuel Rodrigues foi o primeiro presidente do parlamento madeirense.

O prémio, no valor de cinco mil euros, será doado à Associação Dançando Com a Diferença, representado pelo membro da direção Rui Marote.

Numa informação publicada pelo Parlamento, pode ler-se a declaração de Jardim que ficou ainda sensibilizado pelo facto de o prémio ter o nome de Emanuel Rodrigues. “Fomos colegas de liceu, fomos colegas na universidade, fomos colegas na vida militar e depois fomos colegas na política”, referiu. Apesar da amizade e de algumas divergências Jardim afirma que “é daqueles amigos que muito ajudou a fazer a Autonomia e que fica sempre no coração”.

O antigo Presidente do Governo Regional da Madeira terminou a breve intervenção com um alerta, na casa da democracia, salientando que o “parlamento é algo que nós não podemos perder”. “Está nas mãos de todos os deputados continuar a fazer com que o trabalho do parlamento seja uma fortaleza inexpugnável para a liberdade do povo madeirense”.

A mesma informação dá conta que "o Presidente do parlamento madeirense falou de “um dia feliz para a Assembleia Legislativa da Madeira pelo facto de ter cruzado dois nomes grandes da nossa Autonomia: Emanuel Rodrigues que foi o primeiro Presidente deste parlamento e um deputado constituinte que ajudou a edificar a arquitetura daquilo que viria a ser a Autonomia da Madeira”, e Alberto João Jardim, obreiro e construtor dessa Autonomia”. “Este prémio é inteiramente merecido porque reconhece um trabalho ao serviço da Madeira”, assegurou José Manuel Rodrigues".


8 visualizações