Buscar
  • Henrique Correia

José Manuel Rodrigues alerta Marcelo e avisa o Estado para a força da Autonomia


"Somos as únicas ilhas europeias sem ligações marítimas com o continente e estamos condicionados com preços inadmissíveis das viagens aéreas, que ferem o princípio da continuidade territorial".




Foi um discurso forte o do presidente da Assembleia Regional nos 45 anos da instituição a que preside, com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa. Alertas ao Estado para a portugalidade mas também para a força dos madeirenses na conquista de mais Autonomia. Até para reverter os processos políticos. Criticou "o Estado centralista e omnipotente continua a marcar a nossa vida. Os complexos do fim do Império estão ainda muito presentes e há quem desconheça o que é insularidade e ultraperiferia".

Da Região para compreensão nacional, o líder do Parlamento apelou a Marcelo para que, dentro dos seus poderes, possa defender os portugueses das ilhas. Pediu "compreensão para a Autonomia, que é um instrumento de unidade nacional. Mas a Autonomia precisa ser aprofundada, através de sistemas fiscais próprios para fazer face às despesas. Para isso, é importante rever a Lei de Finanças Regionais e o Estatuto Político Administrativo da Região".

Outra das situações é a mobilidade, que apesar de aprovada na Assembleia da República, continua por regulamentar. Somos as unicas ilhas europeias sem ligações marítimas com o continente e estamos condicionados, quer o residente, quer o visitante, com preços inadmissíveis das viagens aéreas, que ferem o princípio da continuidade territorial".

Na sua intervenção, José Manuel Rodrigues disse, ainda, que "os cidadãos não podem decidir apenas nos atos eleitorais. O desenvolvimento não pode chegar apenas aos mais fortes ou aos que falam mais alto. O exemplo deve vir de cima".

O presidente da ALRAM diz ser importante "recuperar valores éticos e defender a comunicação social tradicional, imprensa, rádio e televisão, contra o mundo digital que considera ter riscos de desinformação e de falta de ética".


3 visualizações