Buscar
  • Henrique Correia

José Manuel Rodrigues não quer ninguém a ficar para trás na retoma económica e social

"É sempre um momento excecional da vida coletiva", diz sobre atuações da Flor

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira viu as atuações da Festa da Flor e fez votos que estas festas, da Flor e do Vinho sejam o momento de retoma económica, de retoma social, para que ninguém fique para trás”,

"Estou certo de que com os apoios da União Europeia, do Estado, mas sobretudo com a força e o querer do povo da Madeira e do Porto Santo saberemos ultrapassar este momento difícil”, disse José Manuel Rodrigues.

O líder do Parlamento considera que a Festa da Flor “é sempre um momento excecional da vida coletiva”, da Região. Devido à pandemia, o evento que normalmente acontece em maio foi adiado para este mês de setembro. “Estamos a realizá-la neste momento em conjunto com a Festa do Vinho. Estas duas festas em simultâneo são uma demonstração da força, do querer, da coragem e da criatividade do povo da Madeira”, afirmou José Manuel Rodrigues, no final de um conjunto de atuações.



16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo