Buscar
  • Henrique Correia

José Manuel Rodrigues pede solidariedade do Estado para prejuízos a norte



“Há prejuízos avultados, de milhões de euros, quer na área pública (nas vias de comunicação, na energia e na rede de águas), quer também em terrenos privados e em habitações”.





O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira pediu hoje a solidariedade do Estado para fazer face aos prejuízos causados pelas enxurradas e pelo aluimento de terras que atingiu as freguesias de Ponta Delgada e da Boaventura.

“A situação é mais grave do que aquilo que se previa”, salientou José Manuel Rodrigues, a meio da tarde, após ter visitado as zonas mais afetadas pelo temporal do dia 25 de dezembro, nas duas localidades do norte da ilha da Madeira. “Há prejuízos avultados, de milhões de euros, quer na área pública (nas vias de comunicação, na energia e na rede de águas), quer também em terrenos privados e em habitações”.

Numa nota publicada no site do Parlamento, é referido que "o presidente do parlamento madeirense diz que perante a dimensão dos prejuízos, acho que é dever do Estado, como já aconteceu, noutras circunstâncias e noutros concelhos do país, apoiar o concelho de São Vicente e a Região Autónoma da Madeira, no sentido de podermos recuperar a normalidade na vida da Ponta Delgada e da Boaventura”.

José Manuel Rodrigues aponta “prejuízos elevadíssimos” nas estradas, na proteção das ribeiras, nas habitações e nos terrenos agrícolas.

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira enalteceu ainda o trabalho de um grupo de 10 voluntários da freguesia do Curral das Freiras que presta auxílio na limpeza das habitações atingidas pelas enxurradas.


5 visualizações