Buscar
  • Henrique Correia

Jovens com menos de 17 anos ocuparam metade dos casos de Covid-19 no dia 1


Miguel Albuquerque lança o alerta que deve fazer soar os "alarmes" para acelerar a vacina e para travar excessos da "malta".




Albuquerque deixou hoje um alerta que é suficiente para "disparar" os alarmes da população: Anteontem, domingo, dos 28 casos de Covid-19 registados na Região, 42%, portanto quase metade, "eram de jovens com menos de 17 anos"

Os 28 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, nesse dia 1 de agisto, corresponderam a 16 casos importados (9

do Reino Unido, 5 da Região de Lisboa e Vale do Tejo e 2 da França) e de 12 casos de transmissão local.

Hoje, o presidente do Governo voltou a alertar para a necessidade dos mais jovens serem vacinados, recordando que a COVID está, neste momento, a afetar predominantemente os mais jovens, refere uma nota publicada pelo Governo, sobre declaração de Albuquerque à margem da visita a uma unidade turística no Estreito da Calheta, o “Socalco”.

Mas por outro lado, mais positivo, o presidente do Executivo mostrou-se ainda satisfeito com a adesão dos mais jovens à vacinação, no passado sábado. "Vamos fazer mais “open days”, em diferentes concelhos. A nossa ideia passa por uma vacinação massiva dos jovens".

Quanto ao fim da utilização da máscara e de outras metidas que possam permitir retomar a normalidade, não se compromete com prazos: "A situação é avaliada à semana. Futurologia, não é comigo".

6 visualizações