top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

JPP apostado em retirar a maioria à "união de facto" PSD/CDS



O nosso Programa é para o Povo, assenta em pilares fundamentais para a nossa Região com setores prioritários: mais Habitação, mais Saúde e Coesão Social, mais riqueza para os nossos agricultores.





O JPP apresentou hoje o seu Programa de Governo para o quadriénio 2023-2027. O cabeça-de-lista Élvio Sousa afirmou que o “JPP está pronto para retirar a maioria desta união de facto entre PSD e CDS que saiu muito cara aos madeirenses aos porto-santenses, e que há oito anos esteve ao serviço dos grandes interesses económicos e dos monopólios e não dos madeirenses”.

“Está na altura de os pôr em lista de espera, pois alguns já sentem tanto nervosismo que ameaçam se demitir pois estão com medo de nós, que seremos sempre os defensores do Povo da Madeira.”

“O nosso Programa é para o Povo, assenta em pilares fundamentais para a nossa Região com setores prioritários: mais Habitação, mais Saúde e Coesão Social, mais riqueza para os nossos agricultores, mais oportunidades para sair da Região de barco, domesticar os monopólios e, essencialmente, reduzir o custo de vida”, referiu.

“Urge baixar os impostos para todos, equiparar o salário mínimo regional aos Açores, baixar o preço do transporte e da movimentação de mercadorias no porto do Caniçal, reformar o sistema politico para deixar que se acumulem reformas com vencimentos, criar habitação a preços acessíveis, valorizar os profissionais da saúde, criar lares a preços acessíveis, dignificar os nossos idosos com um complemento social de mais de 100 euros e reduzir a despesa deste Governo PSD/CDS que anda a engordar a olhos vistos”, reforçou o cabeça de lista.

“Passados mais de 40 anos sem qualquer alternância governativa e depois de tantos compromissos assumidos desde 2015 por Albuquerque, a Madeira bate recordes vergonhosos que mostram os constantes falhanços do Governo de Miguel Albuquerque e que provam que é urgente varrer com esta maioria PSD/CDS”, concluiu.

4 visualizações

Comments


bottom of page