top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

JPP quer chamar entidadades ao Parlamento por causa do teleférico




"A recorrente falta de transparência da administração pública, com a necessidade de recurso aos tribunais, manifesta-se uma vez mais no projeto do Teleférico do Curral das Freiras".




O JPP vai requerer, na 3ª Comissão Especializada de Ambiente Clima e Recursos Humanos da Assembleia Regional, a audição parlamentar a quatro entidades ligadas direta ou indiretamente ao negócio do Teleférico do Curral das Freiras, de forma a dissipar quaisquer dúvidas nesta concessão a 60 anos (2084).

Para Élvio Sousa, o líder do JPP, "a recorrente falta de transparência da administração pública, com a necessidade de recurso aos tribunais, manifesta-se uma vez mais no projeto do Teleférico do Curral das Freiras, “o JPP teve de recorrer novamente à justiça, para que a população tenha acesso a todas as partes do procedimento (nomeadamente ao estudo de viabilidade económico-financeira e às propostas entregues pela empresa".

Para tal, o JPP deu entrada a um pedido de audição parlamentar com caráter de urgência à 3.ª comissão especializada Ambiente, Clima e Recursos Humanos”, anunciou Élvio Sousa.

O líder parlamentar do JPP adiantou, “por forma a dissipar as muitas dúvidas geradas, torna-se assim imprescindível ouvir em audição parlamentar as seguintes quatros entidade: a Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, a direção do Instituto de Florestas e Conservação da Natureza, ICFN, a empresa de Contabilidade Opção Divina, LTD – autora do Estudo de Viabilidade Económico e Financeira do Teleférico e Parque Aventura do Curral da Freiras e a empresa Inspire Capital Atlantic”.

4 visualizações

Comments


bottom of page