top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Máquinas trabalham na limpeza dos terrenos para o Lidl



Grupo está a reorganizar operação na Madeira depois do impasse verificado com o supermercado no Largo da Cruz Vermelha. Terrenos nos Barreiros e no Amparo alvo de trabalhos.







É sabido que a operação da rede de supermercados Lidl na Madeira está a demorar mais do que o previsto em função de alguns condicionalismos impostos pela Câmara do Funchal relativamente ao projeto para o Largo da Cruz Vermelha.

O Lidl tem negado divergências com a Autarquia e o JPP tem procurado saber mais sobre o assunto, mas o segredo mantém-se no que toca à nova estratégia do grupo para a Região.

O que se sabe é que nos últimos dias têm decorrido trabalhos no terreno situado nos Barreiros, que era propriedade da família de Gil Canha, onde se notam movimentos de máquinas que podem indiciar algum avanço naquilo que se prende com a operação do Lidl na Região para os próximos tempos.

O JM revela hoje declarações do vereador João Rodrigues, que pouco adiantou quanto a uma eventual reorganização do grupo na Madeira, admitindo tratar-se de uma mera limpeza de terrenos, nos Barreiros e no Amparo, correspondendo à intenção da Autarquia de sensibilizar proprietários para a respetiva limpeza dos seus terrenos.


376 visualizações

Komentáře


bottom of page