Buscar
  • Henrique Correia

Médico com teste positivo cumpriu com todas as regras e manteve-se em casa

Tem um primeiro teste negativo a 28 de setembro, no regresso de uma viagem anterior, volta a sair da Região e testa positivo a 5 de outubro



O médico ortopedista madeirense que testou positivo para Covid-19 à chegada ao Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo terá cumprido com todas as normas estabelecidas para estes casos e permaneceu em casa sem estabelecer contactos físicos em espaços de saúde, como chegou a ser ventilado numa primeira abordagem.

Fonte médica assegura que o clínico manteve-se isolado, mas é natural haver preocupação em torno destas situações que envolvem casos positivos.

O médico fez um teste a 28 de setembro, no regresso de uma viagem anterior, que registou resultado negativo, sendo que esteve ao serviço entre 28 e 2 de outubro , duaxem que volta a sair da Região. Quando regressa a 5 de setembro, testa positivo. Não volta a trabalhar desde esse momento.

Recorde-se que, por decisão recente do Governo Regional, todos os profissionais das áreas da Saúde, Educação, Proteção Civil e Social, aquando do regresso de viagem, fazem um outro teste entre os quinto e sétimo dias.

7 visualizações