Buscar
  • Henrique Correia

Madeira acaba a 1 de novembro com testes PCR nos aeroportos; só antigénios


Sexta-feira acaba o recolher obrigatório, com as restrições de horário dos bares e com o uso obrigatório de mascaras no exterior



Fim dos testes PCR nos aeroportos da Região a partir de 1 de novembro.


A partir de 1 de novembro, a Madeira acaba com a obrigatoriedade de testes PCR nos aeroportos, exigindo apenas testes antigénio à chegada para quem não esteja vacinado.

A revelação foi feita há pouco pelo presidente do Governo à margem da visita à Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco, no âmbito do projeto piloto “Manuais Digitais” no Ensino Secundário, um projeto piloto envolve uma turma do 10º ano de escolaridade do referido estabelecimento de ensino do Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologia.

Este “Manuais Digitais” corresponde à estratégia educativa de cariz tecnológico e de integração digital, criada para as escolas dos 2.º e 3.º ciclos e do ensino secundário da Região Autónoma da Madeira, definida em Programa de Governo e operacionalizada pela Secretaria Regional da Educação, Ciência e Tecnologia.

Relativamente às medidas de alívio na prevenção da COVID-19 na Madeira, já era público que o Governo vai acabar com o recolher obrigatório, com as restrições de horário dos bares e com o uso obrigatório de mascaras no exterior, embora mantendo a recomendação de uso.


3 visualizações