Buscar
  • Henrique Correia

Madeira com 64 milhões para ajudar no pós Covid-19; 81% já este ano



A Saúde leva 9,2 milhões, o apoio ao emprego 16,3 ME e a transição climática com 6,5 ME. Madeira com 3,85% do REACT-EU, Açores com 6%




A Madeira dispõe de 79 milhões de euros no contexto dos dois mil milhões que o país tem nesta reprogramação das verbas comunitárias 14/20 e que visam mobilizar o investimento e antecipar o apoio financeiro para a recuperação pós-covid-19. Representam 3,95% do total, enquanto os Açores tiveram direito a 6%.

Estes números foram revelados durante a apresentação das verbas do programa REACT-EU.

Segindo revela uma nota do Governo, publicada nas plataformas digitais, "para este ano, estão autorizadas 81% destas verbas, sendo que os valores remanescentes serão apenas utilizados em 2022. Das verbas do REACT-EU, Assistência à Recuperação para a Coesão e os Territórios da Europa, a Madeira este ano vai utilizar 64 ME, dos quais 32 ME vão para o apoio às empresas. Aliás, como explicou Pedro Calado, o Governo Regional antecipou-se à aprovação deste programa pela UE e apoiou já as empresas com verbas do Orçamento Regional.

A Saúde é outra das áreas abrangidas pelo REACT-EU no corrente ano, com 9,2 ME, o apoio ao emprego com 16,3 ME e a transição climática com 6,5 ME.

4 visualizações