Buscar
  • Henrique Correia

Madeira já está a dar reforço das vacinas contra a Covid-19


Mais recentemente foi iniciada a administração da dose de reforço para todas as pessoas consideradas, igualmente, prioritárias.




A secretaria regional da Saúde deu conta que a Região já está a administrar a dose adicional da vacina contra a COVID-19, o que está a acontecer desde a primeira semana de outubro, para pessoas transplantadas ou imunocomprometidas com idade igual ou superior a 18 anos, com vacinação completa e indicação para uma dose extra da vacina.

Mais recentemente foi iniciada a administração da dose de reforço para todas as pessoas consideradas, igualmente, prioritárias na RAM, designadamente:


- Profissionais da área da saúde, social e proteção civil


- Utentes residentes em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas;


- Utentes das Unidade de Cuidados Continuados;


- Pessoas com 60 ou mais anos.


- Pessoas com mais de 50 anos com patologias de risco acrescido (Insuficiência cardíaca e doença coronária; Insuficiência renal crónica e Doença pulmonar crónica);


- Pessoas com Trissomia 21 com idade igual ou superior a 16 anos de idade.


O reforço da vacinação contra a COVID-19 deve acontecer seis meses após a segunda dose de vacina.

O Governo mantém a campanha de vacinação contra a COVID a pessoas com idade igual ou superior a 12 anos que:


- Ainda não iniciaram a vacina contra a COVID-19;


- Não completaram o esquema vacinal contra a COVID;


- Doentes recuperados COVID-19 há mais de três meses e que ainda não tenham sido vacinados.


6 visualizações