Buscar
  • Henrique Correia

Madeira pode fazer saldos e promoções à vontade


Decisão do Governo da República não se apluca à Região, esclarece a ARAE.




A decisão do Governo da República de impedir saldos e promoções entre 25 de dezembro e 9 de janeiro, não se aplica à Madeira segundo entendimento da Autoridade Regional das Atividades Económicas.

A ARAE entende que as medidas de combate à Covid-19, fora do estado de emergência, são definidas pelo Governo Regional, que nesta matéria de atividade comercial não aprovou qualquer medida que resulte na proibição de saldos ou promoções.

Neste sentido, na Região, tudo normal na época de trocas, saldos e promoções.

4 visualizações