Buscar
  • Henrique Correia

Madeira quer 56 mil vacinas contra a gripe e obriga máscara a crianças com mais de 6 anos

Laboratório do Hospital dr. Nélio Mendonça faz 1800 testes por dia


A Madeira quer adquirir 56 mil vacinas para o Programa de Vacinação da Gripe, o que irá permitir o reforço da taxa de cobertura de vacinação e incluir outros grupos populacionais.

A revelação foi feita pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, no âmbito da participação numa reunião com os dirigentes da saúde do país e da Região Autónoma dos Açores. O encontro aconteceu por videoconferência e reuniu os secretários regionais das duas Regiões Autónomas, o Secretário de Estado da Saúde, a Diretora Geral da Saúde, o presidente do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e o presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

Pedro Ramos diz que "a preparação do início do ano letivo no mês de setembro assenta numa estratégia baseada na articulação entre os profissionais da área da educação e da saúde". 

Pedro Ramos refere que existe um plano de retoma das atividades letivas segundo as orientações da saúde. Ao nível desta matéria, o governante apontou que na Região Autónoma da Madeira o uso de máscara é obrigatório e irá contemplar, também, as crianças com mais de 6 anos, indo ao encontro das recomendações emanadas recentemente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por outras entidades técnico-científicas.

Relativamente a testes, o Laboratório de Patologia Clínica do Hospital Dr. Nélio Mendonça está a realizar, atualmente, cerca de 1800 testes por dia. No início da pandemia, a capacidade era de 50 testes/ dia e neste momento a capacidade de testagem da Região aproxima-se dos 2000 testes dia.


37 visualizações