Buscar
  • Henrique Correia

Mais de 23 milhões vão financiar as 4 Sociedades de Desenvolvimento


Metropolitana e Ponta Oeste levam a maior "fatia" com prioridade para "pagar a tempo e horas, nomeadamente o serviço da dívida de 2021".



O Governo Regional autorizou, e já está em publicação, o financiamento das quatro sociedades de Desenvolvimento, através da entrada de prestações acessórias pecuniárias, que no total ultrapassam os 23 milhões de euros.

O Executivo considera que o processo atendeu a que é premente garantir o cumprimento, a tempo e horas, dos pagamentos, nomeadamente o serviço da dívida no ano de 2021.

Assim, a Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento terá um financiamento até ao montante de € 8.004.871,00.

A SDPS - Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo S.A. é financiada até ao montante máximo de € 4.038.102,00.

O financiamento da Sociedade de Desenvolvimento do Norte da Madeira da Madeira, S.A. será até ao montante máximo de € 3.946.940,00.

A Ponta do Oeste - Sociedade de Promoção e Desenvolvimento da Zona Oeste da Madeira, S.A. será financiada até ao montante máximo de € 7.206.112,00.

Para esta decisão, considera-se que estas sociedades são "empresas públicas

reclassificadas, que prosseguem fins de interesse público e têm por missão a conceção, promoção, construção e gestão de projetos, ações e empreendimentos que contribuam de forma integrada para o desenvolvimento dos concelhos abrangidos".

5 visualizações