top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Mais um vogal da APRAM num "despesismo" global, aponta o JPP



Élvio Sousa refere que são "despesismos vários, negócios milionários para empresários amigos enquanto os outros ficam “a chuchar no dedo”.




Trata-se de mais uma denúncia do JPP: "Nos organismos tutelados pelo Governo podemos ver a dança das cadeiras no SESARAM que passou de 3 para 5 elementos no respetivo Conselho de Administração (CA), no IAsaúde que acrescentou mais um elemento no Conselho Diretivo passando para 5, no IHM de 3 para 5 e a mais recente é a eleição de mais um vogal executivo para a APRAM. Passam a ser cinco bem remunerados nos portos, empregos para o povo pagar".

Élvio Sousa refere que são "despesismos vários, negócios milionários para empresários amigos enquanto os outros ficam “a chuchar no dedo”, como sabiamente refere o povo. Empregos bem remunerados para familiares e amigos é o que fica de uma legislatura do PSD coligado com o CDS".

"Estamos a falar de empregos bem pagos, muito acima da média dos salários dos madeirenses, o que é demonstrativo da política despesista de Albuquerque. Em 2022, segundo a Direção Regional de Estatística, a mediana do rendimento monetário líquido anual por adulto equivalente na RAM foi de 10 618 Euros. As cadeiras nos Conselhos de Administração destes organismos públicos valem cerca de oito vezes este valor médio".

18 visualizações

Comentários


bottom of page