top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Marítimo acusa PSP de "inoperância" e vai pedir audiência ao Comando



Clube diz que muitos dos adeptos do adversário não respeitaram os lugares indicados nos respetivos ingressos e promete rever a política de ingressos para determinados jogos.



O Marítimo emitiu um comunicado dando conta do descontentamento relativamente aos acontecimentos ocorridos domingo nas bancadas durante o encontro contra o Benfica que os encarnados venceram por 3-0.

O clube exige respeito na sua casa e garante que "todos os procedimentos de acesso ao jogo foram comunicados atempadamente", revelando no entanto que se verificou "lamentavelmente, que muitos dos adeptos do adversário não respeitaram os lugares indicados nos respetivos ingressos, ocupando, desta forma, zonas de emergência e lugares destinados aos Sócios do Marítimo".

O comunicado não deixa boas referências à intervenção da PSP: "Foi solicitado, por parte dos elementos da organização de jogo, a intervenção da Polícia de Segurança Pública (PSP), para garantir as respetivas condições de segurança e os direitos dos nossos associados. Dada à inoperância da PSP, e o desrespeito demonstrado aos Sócios do Marítimo, alguns destes acabaram por, infelizmente, abandonar o Estádio".

Face ao exposto o Club Sport Marítimo informa que "vai solicitar uma reunião urgente com o Comando Regional da PSP e com a empresa de segurança privada para que sejam tomadas as devidas providências. Além disso, pretende rever a política de ingressos para determinados jogos.

5 visualizações

Comments


bottom of page