Buscar
  • Duarte Azevedo

Marítimo pondera voltar a jogar na Choupana


Próximo jogo em 'casa' pode acontecer no Estádio da Madeira.


Ponto prévio, e já por aqui apontado em milhentas ocasiões: o relvado do Estádio do Marítimo só estará em condições se for tudo reformulado: terra, areia, relva, sistema de rega... Dizem os não entendidos e os entendidos. E não é de agora.

Tudo! E possivelmente até será atendida a situação da água que serve para regar o recinto: é proveniente de levada, logo, traz muitas impurezas, nomeadamente produtos químicos que, como facilmente se deduz, não são amigos de relva - vai para dois poços e não se conhece que seja alvo de tratamento...

Depois do Marítimo-Arouca (2-2) de segunda-feira é natural, pois, que os verde-rubros voltem a precisar de recorrer ao Estádio do CD Nacional para aí fazerem 'casa'. Há a possibilidade de tal voltar a acontecer, inclusive, no próximo desafio na Madeira, frente ao Moreirense, apesar deste estar apontado para 1 de outubro. Claro que ainda faltam 17 dias mas os trabalhos nos 'Barreiros' não estão fáceis - a imagem abaixo tem dois dias...

Enfim, depois de tanto tempo a não resolver o problema - e tempo houve para isso, inclusive um período longo sem público no Estádio podendo, nesse caso, ter sido aproveitado para jogar na Ribeira Brava -, a economizar em produtos, em funcionários e tudo o mais, lá está: o barato vai voltar a ser sair caro. Apontando-se para o próximo Verão a obra grandiosa que já poderia ter sido feita e não o foi... Com evidentes prejuízos financeiros e, esperemos que não, eventuais prejuízos desportivos.

Mas, é assim... O Marítimo, tudo indica, vai voltar à Choupana esta época, e não será numa hipotética partida da Taça de Portugal com a equipa da 'casa'.

17 visualizações

Posts recentes

Ver tudo