Buscar
  • Henrique Correia

Marcelo com discurso curto mas com referências, elogios e sentimentos


"Viva a Autonomia da Madeira, viva a Madeira, viva Portugal".




O Presidente da República fez um discurso breve, com referências, elogios e sentimentos, mas sem tocar nos temas " quentes" que afastam o Estado da Região. Os 45 anos do Parlamento Madeirense, o orgulho que sente na Autonomia e a lembrança de figuras Parlamentares, desde presidentes aos deputados da Assembleia Constituinte, foram abordagens do Chefe de Estado.

Marcelo lembrou a história do Parlamento Madeirense, dos presidentes Emanuel Rodrigues, Nélio Mendonça, Miguel Mendonça, Tranquada Gomes e agora José Manuel Rodrigues", terminando com "Viva a Autonomia da Madeira, viva a Madeira, viva Portugal".

5 visualizações