Buscar
  • Henrique Correia

Marcelo pressiona Costa a explicar cenário para 2023; Costa "empurra" para dia 10

"Falo todas as semanas com o senhor Presidente da República, mantendo-o informado. O senhor Presidente conhece os calendários”.




O cenário macroeconómico para 2023 não será bom. Depois da pandemia, houve uma ilusão de liberdade e de consumo, um boom de turismo, um deslumbrante paraíso de negócio e uma falsa ideia de prosperidade e recuperação, sendo que a guerra, que paga tudo quanto é aumento, veio deitar um "balde de água fria" na vida dos portugueses, que já começam a sentir os efeitos na carteira E as dificuldades já estão à vista, prevendo-se que 2023 seja um ano de dificuldades e de uma descida abrupta do consumo.

O Presidente da República sabe disso e nos últimos tempos tem vindo a insistir no sentido do Governo explicar aos portugueses aquilo com que podem contar, as dificuldades, prepará-los para as mais do que certas restrições. Hoje, Marcelo voltou a alertar o Governo e Costa respondeu sem "panos quentes" dizendo que o Presidente conhece o calendário e o Governo apresenta só a 10 de outubro a proposta orçamental para 2023 com o cenário macroeconómico. "Falo todas as semanas com o senhor Presidente da República, mantendo-o naturalmente informado. O senhor Presidente conhece os calendários”.

E está dada a resposta ao Chefe de Estado, que não faz este alerta de ânimo leve e sabe que o Governo quer retardar, ao máximo, essa explicação aos portugueses, sendo que no dia 10 já os portugueses receberam os apoios anunciados recentemente e estarão, por isso, mais recetivos a eventual mensagem de retração.

6 visualizações