Buscar
  • Henrique Correia

Marco na Avenida do Mar assinala primeira travessia aérea Lisboa-Funchal



O programa contempla uma exposição no Hall da Câmara Municipal do Funchal, baseada em objetos históricos, tais como o próprio hélice do hidroavião original, e ainda casacos, óculos, luvas e equipamentos originais


A Câmara Municipal do Funchal apresenta, na próxima semana, um programa de comemoração do Centenário da 1.ª Travessia Aérea Lisboa – Funchal, "uma efeméride de grande valor para a cidade e para a Região, e que contará com a Força Aérea e o Museu do Ar como parceiros oficiais das comemorações", como refere uma nota da Autarquia.

No âmbito das comemorações, será descerrado, no dia 26 de março, um marco comemorativo, em plena Avenida do Mar.

O programa contempla uma exposição no Hall da Câmara Municipal do Funchal, baseada em objetos históricos, tais como o próprio hélice do hidroavião original, e ainda casacos, óculos, luvas e equipamentos originais, bem como documentos e fotos que ilustram este acontecimento, e que poderá ser visitada de 22 de março a 22 de abril. De forma a conhecer melhor esta história e os seus protagonistas, a Autarquia elaborou, igualmente, um livreto informativo que será apresentado no dia de inauguração do evento, justamente quando a travessia celebra o seu centenário.

No dia 24 de março, está agendado, por sua vez, um Webinar na página oficial de facebook da CMF, com oradores que ajudarão a compreender a importância deste feito. São eles: a Capitão da Força Aérea Luísa Abreu, docente na Academia da Força Aérea e Conservadora no Museu do Ar; o Historiador Rui Carita, professor catedrático da Universidade da Madeira, Coronel de Artilharia na reforma e especialista em património militar português; e o Historiador Francisco Faria Paulino, especialista em Aeronáutica e Administração Militar, Coronel da Força Aérea na reforma e ex-coordenador das comemorações dos 500 Anos da Cidade do Funchal.


6 visualizações