Buscar
  • Henrique Correia

Memorando de entendimento para o 10 de junho envolve Presidência, Governo e CMF


Presidência da República representada pela secretária-geral Ana Cristina Baptista, o Governo Regional representado pelo secretário da Educação Jorge Carvalho e a Câmara do Funchal pelo presidente Miguel Gouveia.


A Câmara do Funchal revelou hoje que o presidente da Autarquia, Miguel Silva Gouveia, assinou, no Palácio de São Lourenço, o Memorando de Entendimento com a Presidência da República Portuguesa, que define os termos da realização na cidade do Funchal das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em 2021.

Miguel Gouveia sublinhou, na ocasião, que “o Funchal estará à altura da solenidade do momento e destas que serão, sem dúvida, comemorações especialmente marcantes para a nossa cidade e para todos os madeirenses. Por isso mesmo, a CMF colocou à disposição da Presidência da República, desde a primeira hora, todos os meios humanos, técnicos e patrimoniais considerados necessários para a plena concretização plena do programa de comemorações definido.”

A Autarquia assinou este Memorando de Entendimento com a Presidência da República, representada pela sua Secretária-Geral, Ana Cristina Baptista, e com o Governo Regional da Madeira, representado pelo secretário regional da Educação, Ciência e Tecnologia, Jorge Carvalho, na presença da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações, Maria do Carmo Caldeira.

O Programa das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é da responsabilidade da Presidência da República, e vai-se estender entre os dias 8 e 10 de junho, sendo composto pelos seguintes eventos principais: Cerimónia Militar do Içar da Bandeira Nacional; Iniciativa das Forças Armadas; Receção Comemorativa do Dia de Portugal; Cerimónia Militar; e Cerimónia Militar do Arriar da Bandeira Nacional.


8 visualizações