Buscar
  • Henrique Correia

Mercado dos Lavradores assinala 80 anos com três dias de comemorações

Amanhã, terça-feira, dia do aniversário, haverá homenagem a um dos comerciantes mais antigos do Mercado dos Lavradores


São três dias de comemorações noS 80 anos do Mercado dos Lavradores.

A Câmara Municipal do Funchal celebra esta semana o 80º aniversário do Mercado com um programa diversificado, que se estende por três dias. Inaugurado a 24 de novembro de 1940, o Mercado dos Lavradores "é não apenas o mais emblemático ponto turístico do Funchal e da Madeira, como continua a ser a grande montra da atividade agrícola e piscatória da Região, com especial destaque para o abastecimento de produtos alimentares frescos", refere uma nota da Autarquia.

"Num ano particularmente difícil, devido à crise de saúde pública sem precedentes que a cidade e o mundo têm enfrentado, a CMF assinala o aniversário deste símbolo da cidade com diversas atividades com reafirmam a confiança no futuro, salvaguardando todas as medidas de segurança necessárias.

Esta segunda-feira de manhã a Chef Susana Freitas, da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira (EPHTM) esteve a dinamizar um showcooking no Mercado, com vários momentos temáticos relativos ao aniversário, dando sequência à colaboração que tem existido entre a Autarquia e a Escola na dinamização do espaço e na promoção do produto regional.

Amanhã, terça-feira, dia de aniversário, decorrerá pelas 10h uma visita ao Mercado do presidente da Autarquia Miguel Silva Gouveia, que será marcada por uma homenagem a um dos comerciantes mais antigos do Mercado dos Lavradores e pela abertura de uma exposição fotográfica relativa ao aniversário, que contará com fotos cedidas pela Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, além do tradicional corte do bolo de aniversário.

Como forma de evidenciar a missão social do Mercado dos Lavradores, o Executivo camarário irá proceder, ao longo da semana, à entrega de 80 cabazes de frutas e legumes a pessoas com carências socioeconómicas, que tenham mais de 80 anos, na linha do trabalho que tem sido feito nos últimos meses com iniciativas como o “Mercado em Casa”, através da qual a CMF garantiu transporte gratuito de fruta e legumes adquiridos nos Mercados Municipais até casa de idosos e pessoas com deficiência ou incapacidade, ou do "Funchal, Cabaz Vital", com entrega de cabazes com produtos frescos a famílias afetadas pela crise.

No dia 25 de novembro, quarta-feira, o Mercado dos Lavradores organizará uma edição especial do evento Winter Market – Acessórios, Decoração e Moda.


11 visualizações