Buscar
  • Henrique Correia

"Mercado Sustentável" para eliminar o plástico; Câmara distribui sacos de papel

Miguel Gouveia revelou que "esta é uma medida integrada da estratégia de sustentabilidade para os mercados municipais para os próximos dois anos"

O autarca distribuiu sacos de papel pelos comerciantes dos mercados municipais


O projeto “Mercado Sustentável”, hoje apresentado no Mercado dos Lavradores, é "a primeira de várias iniciativas da promoção do comércio sustentável com o objetivo de sensibilizar para a eliminação progressiva do consumo de plástico", refere uma nota da Autarquia relativamente à iniciativa desta manhã. O lançamento da campanha, com a presença do presidente da Câmara Miguel Gouveia, estendeu-se ainda Mercado da Penteada culminando com a comemoração do seu 32º aniversário.

O autarca distribuiu sacos de papel pelos comerciantes dos mercados municipais numa ação de sensibilização para a redução do plástico descartável que pretende ser um dos contributos do Município para a redução da pegada ecológica do Funchal. Explicou, na ocasião, que “o grande objetivo é tornar os equipamentos, os serviços, e a atividade económica mais eficientes e mais sustentáveis. Esta é uma medida integrada da estratégia de sustentabilidade para os mercados municipais para os próximos dois anos, alicerçada em três eixos, económico, ambiental e social.”

No que diz respeito à sustentabilidade económica, continuou o autarca, “já têm sido implementadas um conjunto de iniciativas e medidas que preveem a redução dos consumos energéticos como a substituição de lâmpadas tradicionais por leds, que têm permitido uma redução nos consumos globais nos Mercado dos Lavradores de cerca de 8%, também a instalação de equipamentos que permitam compensar a energia reativa e que têm um reflexo direto na fatura de eletricidade, e ainda a poupança nos consumos de água através de equipamentos mais eficientes”.


6 visualizações