top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Miguel Brito acusa Câmara do Porto Santo de ter gasto demasiado no Carnaval


"26 mil euros, é inclusivamente superior ao valor que o Funchal adjudicou para toda a logística dos eventos realizados para os desfiles e exposições".





O vereador socialista no Porto Santo Miguel Brito considerou, na reunião de Câmara realizada hoje, ser exagerado o valor do ajuste direto feito pela Câmara Municipal do Porto Santo para as festividades de Carnaval, tendo em conta a dimensão do evento.

O vereador do PS clarifica que o valor pago pela autarquia Porto-santense, 26 mil euros, é inclusivamente superior ao valor que o Funchal adjudicou para toda a logística dos eventos realizados para os desfiles e exposições que decorrem na capital madeirense, o que não faz sentido especialmente tendo em conta as diferentes dimensões dos eventos realizados nos dois concelhos.

Miguel Brito salientou também o ponto que definia um protocolo entre o município e a Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo para a utilização do auditório do Centro Cultural e de Congressos. O protocolo previa um custo associado de utilização semelhante ao valor normal de utilização desse auditório, razão pela qual o protocolo seria inócuo e inútil e, após discussão, acabou por ser retirado pelo presidente da Câmara.

9 visualizações

Comentarios


bottom of page