Buscar
  • Henrique Correia

Miguel Gouveia fica com a Política, Economia, Cultura e Habitação


"Esta é uma equipa verdadeiramente preparada, que mistura experiência com uma geração mais jovem de grande competência."




O atual presidente da Câmara do Funchal irá assumir, no próximo mandato, os pelouros da Coordenação Política, Economia e Cultura e Habitação. A revelação ocorreu hoje na apresentação da equipa autárquica liderada por Miguel Gouveia.

A equipa é composta por Cláudia Dias Ferreira, como Vice-Presidente, com os pelouros da Sustentabilidade, Recursos Naturais e Proteção Civil; Rúben Abreu, com Obras Públicas, Mobilidade e Edifícios, Frota e Equipamentos; Tânia Sousa, com Finanças, Património e Contratação Pública; Vítor Jesus, com Ambiente, Águas e Saneamento Básico e Proteção Animal; Micaela Camacho, com Educação, Associativismo e Igualdade de Género; Álvaro Noite, com Juventude, Desporto e Participação Cívica; Sancha de Campanella, com Jurídico e Fiscalização, Recursos Humanos e Turismo; Amílcar Nunes, com Ordenamento do Território, Planeamento Urbano e Reabilitação Urbana; Letícia Abreu, com Desenvolvimento Social, Saúde e Envelhecimento Ativo; e Filipe Fernandes, com Modernização Administrativa, Comércio Local e Mercados.

“Agradeço às futuras vereadoras e Vereadores, gente de confiança, com uma carreira respeitada pelos pares e pela sociedade civil, tanto no setor público, como no setor privado, por terem posto os interesses da cidade à frente dos seus, e terem aceite o convite para esta verdadeira missão que é servir a cidade do Funchal de corpo inteiro. Esta é a equipa que dá aos funchalenses todas as garantias de que precisam para terem confiança no futuro da sua cidade, e para continuarmos a construir um projeto marcado pelo desenvolvimento local, pela qualidade de vida e pela justiça social, com liberdade, meritocracia, transparência e sustentabilidade.”

Miguel Silva Gouveia concluiu que “esta é uma equipa verdadeiramente preparada, que mistura experiência com uma geração mais jovem de grande competência, reunindo profissionais de indiscutível capacidade técnica nas suas respetivas áreas, com independência e com provas dadas, que se juntam para continuar a fazer a diferença pela cidade que os viu nascer ou que os acolheu para a vida, provando que o projeto político certo, com os princípios certos, é capaz de atrair para a vida pública os melhores das suas áreas, independentemente da sua militância partidária.”


8 visualizações