Buscar
  • henriquecorreia196

Miguel Gouveia vai chamar a si um plano de intervenção no Largo da Fonte


Presidente da Câmara deixa "recados" aos aproveitamentos políticos: "Não pode valer tudo em política. Dou a cara pelo Funchal nos bons e nos maus momentos.




O presidente da Câmara do Funchal dirigiu-se hoje aos funchalenses, através do Facebook, depois da queda da árvore no Monte, ocorrência que fez reavivar a memória da tragédia de 2017 em que morreram 13 pessoas na sequência da queda de uma árvore no mesmo local, o Largo da Fonte.

Miguel Gouveia considera que "a segurança das pessoas é uma prioridade da qual não abdicamos. Seja nas ruas e estradas, nas escarpas ou no património arbóreo, trabalhamos em soluções com todo o rigor e com o suporte técnico de especialistas independentes devidamente credenciados. Temos feito um forte investimento na monitorização do património arbóreo do concelho, realizando análises fitossanitárias para garantir que as árvores estão devidamente estáveis. As causas e responsabilidades da situação ocorrida este domingo no Largo da Fonte, felizmente sem vítimas ou danos materiais a lamentar, vão ser devidamente apuradas e irei liderar pessoalmente um plano de ação para intervenção imediata, de modo a garantir a segurança a todas e a todos os que visitem este local icónico da freguesia do Monte".

O autarca deixa uma nota uma nota final para responder a adversários politicos e para dizer que "a segurança das pessoas não pode ser usada em manobras de aproveitamento político. Não pode valer tudo em política. Tal como sempre tenho pautado o meu comportamento, não me refugio em gabinetes. Dou a cara pelo Funchal nos bons e nos maus momentos, porque um verdadeiro líder quer-se presente, responsável e assertivo".






82 visualizações

Posts recentes

Ver tudo