Buscar
  • Henrique Correia

Modernização e inovação educativa levam 22 milhões


Uma das medidas passa por estender os manuais digitais a todos os anos de ensino.



O presidente do Governo Regional anunciou hoje 22 milhões de euros para a modernização e inovação educativa. Foi durante uma visita à escola básica dos 2º e 3º ciclos de Santos António e Curral das Freiras, onde aproveitou igualmente para observar uma obra executada recentemente pelo Executivo, que foi a cobertura do polidesportivo, num investimento de quase meio milhão de euros.

O governante garante que o propósito do seu Executivo passa por prosseguir com as obras nas escolas, dotando-as de espaços funcionais, inclusive para a Educação Física. "Estes investimentos, que normalmente são realizados em alturas de férias escolares, são decisivos. Temos, por exemplo, também a cobertura das escolas do Galeão e do Caniço…", elencou.

Albuquerque deu conta, ainda, que naquela escola será instalada uma Sala do Futuro.

Segundo uma nota publicada nas plataformas digitais do Governo, é recordado que, das verbas do PRR, cerca de 22 milhões de euros serão diretamente para o Ensino, sobretudo para a modernização e inovação educativa.

Uma das medidas passa por estender os manuais digitais a todos os anos de ensino. "A nossa ideia é em 2023/2024 já ter abarcado o 11º ano. Projeto tem sido um sucesso! Para os manuais digitais temos 8,6 milhões de euros", anunciou.

O presidente do Governo anunciou ainda uma aposta nas salas do futuro: "Temos, neste momento, oito. A nossa ideia é alargar este número e fazer co que cada escola secundária tenha uma sala do futuro".

O líder do Executivo revela que "serão alocados 4,1 milhões de euros para a componente das Matemáticas".

Finalmente, serão aplicados 3,9 milhões de euros na formação dos docentes, sobretudo naquelas áreas, «garantindo que os professores da Região continuarão a estar dotados das competências necessárias».


2 visualizações