Buscar
  • Henrique Correia

Morreu a atriz Maria João Abreu; Marcelo comovido apresenta condolências


Marcelo Rebelo de Sousa: "Uma figura que representava para muitos portugueses a familiaridade de quem está connosco porque se parece connosco".



Os mundos do teatro e da televisão, o mundo da Cultura estão em choque com a morte da atriz Maria João Abreu aos 57 anos de idade, embora o seu estado de saúde fosse grave depois de dois aneurismas sofridos há cerca de duas semanas.

O Presidente da República já publicou uma nota de pesar onde refere que "o humor, a emoção e a empatia ligam-nos aos outros, até aos outros que não conhecemos, como é o caso dos atores e das atrizes. Maria João Abreu, que nos deixou precocemente, escolheu essa abordagem, talvez por ser a abordagem que lhe era mais natural: a comédia, a projeção dos nossos afetos e dos nossos problemas, a proximidade humana" Marcelo acrescenta que "a sua carreira como atriz de revista e como produtora, ao lado de José Raposo, bem como outras participações teatrais (com Filipe La Féria, João Lourenço e José Fonseca e Costa), mas sobretudo o seu intenso currículo em televisão (novelas, séries, programas de entretenimento e de comédia) tornaram-na uma figura que representava para muitos portugueses a familiaridade de quem está connosco porque se parece connosco. À sua Família apresento, comovido, as minhas sentidas condolências".

6 visualizações