Buscar
  • Henrique Correia

Morreu Carlos Lélis; Governo Regional expressa pesar


Foi secretário regional da Educação e deputado na Assembleia da República nas V e VI Legislaturas, eleito pelo círculo da Madeira, pelo PSD.


Uma nota da Quinta Vigia vem manifestar o mais profundo pesar do Governo e de Miguel Albuquerque pelo falecimento, hoje, no Funchal, do dr. Carlos Lélis, antigo secretário regional da Educação e deputado à Assembleia da República.

"O Executivo madeirense associa-se, nesta hora de dor, à sua família, a quem endereçamos os mais respeitosos votos de pesar pela morte do seu querido familiar.

Carlos Lélis da Câmara Gonçalves nasceu a 31 de outubro de 1931, no Funchal, cidade onde hoje morreu, vítima de doença prolongada".

Era licenciado em Filologia Românica e doutorou-se em Ciências da Comunicação, para além de ter frequentado, com sucesso, pós-graduações em técnicas de recolha de dados e investigação e em gestão de recursos humanos.

Homem com grande currículo nas letras e nas artes, foi secretário regional da Educação e deputado na Assembleia da República nas V e VI Legislaturas, eleito pelo círculo da Madeira, pelo PSD, bem como ainda o principal responsável madeirense na comissão da Expo 98.

Foi leitor e Professor na Universidade de Bucareste, Clermont-Ferrand, Rennes, bem como membro da Comissão Instaladora do Instituto Universitário da Madeira.

Isto para além de diversos cargos nacionais na área da Educação, de membro do Conselho nacional de Teatro, de membro do Conselho de Programas da Televisão e de presidente da Casa da Madeira em Lisboa e de secretário do Conselho das Comunidades Portuguesas. Foi igualmente diretor do Notícias da Madeira.

Publicou “Ilhas D’Invenção (1999)” e “Cem Cheques Carecas” (2003).

A Educação e a Arte madeirenses a ele muito lhe devem, sendo sempre, ao longo da sua vida, um dos seus principais baluartes e defensores, para além de inovador pedagogo.

"É este ilustre Madeirense que o Governo Regional e o seu Presidente pretendem homenagear, também na hora da sua morte, sublinhando a sua gratidão para com os relevantes serviços prestados em nome da nossa Região", refere a mesma informação.


11 visualizações