Buscar
  • Henrique Correia

Morreu um símbolo do Fado: Carlos do Carmo


O fadista faleceu no Hospital Santa Maria aos 81 anos de idade



Foto Expresso


Morreu hoje, no Hospital Santa Maria, o fadista Carlos do Carmo, que na quarta-feira tinha sido internado naquela unidade hospitalar, com um aneurisma.

A notícia foi publicada pelo Expresso segundo informação da família de um dos símbolos do Fado.

O fadista tinha 81 anos completados a 21 de dezembro. Eternizou canções como “Lisboa, menina e moça” e “Os putos”.

Em 2019 anunciou pôr fim à carreira, que já tinha mais de meio século de existência.

31 visualizações