Buscar
  • Henrique Correia

Não faz sentido vacinar políticos sem antes vacinar todos os profissionais de saúde


Idalino Vasconcelos diz que bombeiros, forças de segurança e idosos também estão na "linha da frente"



O presidente da Câmara Municipal do Porto Santo voltou a proferir, hoje, uma declaração contundente relativamente à decisão, por despacho de António Costa, de dar prioridade aos titulares de órgãos de Governo próprio, incluindo as Regiões Autónomas e abrangendo presidentes de Câmara enquanto responsáveis pelo serviço municipal de Proteção Civil, no plano de vacinação contra a Covid-19.

Hoje, na página da Autarquia, é publicada uma posição de Idalino no sentido da discordância sobre esta prioridade. Idalino considera que nao faz sentido vacinar titulares de cargos políticos sem antes vacinar todos os profissionais de saúde, das forças de segurança, dos bombeiros e outros serviços essenciais, bem como idosos. Estes são os que mais precisam e que estão na linha da frente".


8 visualizações