Buscar
  • Henrique Correia

Nova variante do vírus assusta e confina Londres, Este e Sudeste de Inglaterra


Desde 14 de dezembro, 27 pessoas provenientes do Reino Unido testaram positivo na Madeira. Holanda e Bélgica suspendem voos para o Reino Unido



"Não tenho alternativa. As infeções aumentaram", anunciou o primeiro-ministro britânico Boris Johnson para justificar o confinamento em Londres, Este e Sudeste de Inglaterra, com o nível máximo de risco, o 4, depois de ser detetada uma nova variante do vírus, 70% mais contagiosa. No resto do território, a Covid-19 faz com que as reuniões familiares sejam possíveis apenas no Natal e não nos cinco dias, como estava previsto anteriormente.

Depois do anúncio, milhares de pessoas procuraram sair das zonas que serão sujeitas a estas restrições, provocando ajuntamentos nas estações de combóios.

A gravidade é de tal ordem que tanto a Holanda como a Bélgica já anunciaram o cancelamento de voos para o Reino Unido e a Alemanha está a avaliar igual procedimento.

Refira-se que, para a Madeira, o mercado britânico sempre foi um mercado turístico de liderança, sendo já visível a chegada à Região de muitos passageiros com aquela proveniência, em função da época natalícia e do final do ano da Madeira, que é um cartaz promovido em todo o mundo.

A título meramente informativo, é de referir que desde 14 de dezembro, 27 pessoas provenientes do Reino Unido testaram positivo na Madeira.

4 visualizações