Buscar
  • Henrique Correia

Novo ato de vandalismo agora no Monte; fogo posto em plátano que é património natural

Atualizado: 23 de Set de 2020

Autarquia diz que a segurança e a paz social "têm sido postas em causa ao longo dos últimos meses, com múltiplas ocorrências"


Começam a ser preocupantes estes atos de vandalismo no Funchal. Depois da situação ocorrida com a vandalização de 11 veículos da Câmara, parqueados nos Viveiros, foi a vez de, na última madrugada, ter ocorrido um incêndio numa árvore centenária no Largo da Fonte, no Monte.

A Autarquia, na sua página oficial, dá conta que o fogo foi imediatamente extinto pelos Bombeiros Sapadores e a ocorrência foi reportada às autoridades, sendo que a zona encontra-se vedada por razões de segurança e para que sejam feitas as devidas avaliações tendo e vista verifiar o estado da árvores. Essas avaliações serão feitas pelo departamento de Recursos Naturais da Câmara.

Já foi possível apurar que o fogo foi colocado dentro da cavidade do plátano, colocando assim em risco uma árvore classificada como património natural no Plano Diretor Municipal.

Estas situações ocorrem num contexto em que a Autarquia e o seu presidente Miguel Gouveia, assumiram a liderança do combate ao vandalismo, à criminalidade e à insegurança que se vive no Funchal, constituindo motivo de alerta e alarme o facto de haver este registo de incidentes premeditados.

A Autarquia reforça que "estas situações só reafirmam o propósito que tem sido assumido nas últimas semanas e a necessidade de garantir segurança e paz social para usufruto de todos os munícipes, algo que tem vindo a ser posto e causa ao longo dos últimos meses, com múltiplas ocorrências"

4 visualizações