Buscar
  • Henrique Correia

Novos passadiços e rampa para pessoas com mobilidade reduzida em São Lázaro



Os trabalhos previstos para o Centro Náutico vão custar numa primeira fase, 50 mil euros.


A Administração de Portos da Madeira deu a conhecer alguns pormenores relacionados com os melhoramento no Centro Náutico de S. Lázaro, aproveitando a pausa de atividade devido às restrições derivadas da pandemia da Covid-19.

Os trabalhos previstos para o CNSLO vão custar numa primeira fase, 50 mil euros.

Segundo nota publicada na página do Facebook da APRAM, a presidente do Conselho de Administração esteve esta manhã, no CNSL para fazer o ponto da situação às obras iniciadas na semana passada.

"Depois do desassoreamento, junto à rampa, da desmontagem dos dois passadiços e da ponte de acesso aos mesmos que estão neste momento a ser reparados, a APRAM prepara-se para instalar novos passadiços - que estão já em S. Lázaro a aguardar a instalação - e está a reforçar o fornecimento de água para limpeza das embarcações dos diferentes clubes e associações residentes naquele centro náutico", revela a mesma informação.

"O plano de melhoramentos prevê para breve a construção de um acesso na rampa, destinado a pessoas com mobilidade reduzida, de modo a facilitar a prática generalizada do desporto náutico", acrescenta a APRAM.

2 visualizações